Vender curso online: 22 sites para ganhar dinheiro com o seu treinamento

Deseja começar a vender cursos na Internet? Aprenda a ganhar dinheiro compartilhando conhecimentos sobre os assuntos que entende!

Na internet, há dezenas de plataformas que você pode escolher para hospedar e vender cursos online.

Mas, afinal, qual delas é a mais indicada?

Se você planeja se tornar um professor virtual, é necessário entender quais são as suas possibilidades.

Cada plataforma tem características próprias e, por exemplo, uma política de preço diferenciada. Há empresas que permitem até a hospedagem de cursos gratuitamente.

Para facilitar a sua vida, preparamos um guia para você aprender o que precisa para começar a ter uma renda extra vendendo cursos. Há, inclusive, profissionais do mercado que vivem apenas disso.

Deseja se tornar um deles?.

Então siga a leitura porque vamos passear pelos seguintes tópicos:

  • Por que criar um curso online
  • Cursos online são rentáveis para o instrutor
  • Quanto custa criar um curso online
  • Quanto você pode ganhar ao vender um curso na internet
  • Como vender um curso online
  • Qual curso online mais vende
  • Qual a melhor plataforma EAD para hospedar e vender curso online
  • Como editar e cortar vídeos

Vem com a gente e comece a produzir o seu curso online hoje mesmo!

Por que criar um curso online?

Há alguns motivos que contribuem para essa decisão:

  1. Área que está em franca ascensão no mundo
  2. De acordo com uma pesquisa da Global Market Insights, o mercado global de E-Learning (aprendizado pela internet) ultrapassou os US$ 200 bilhões em 2019.

    Além disso, a previsão é de que este mercado tenha uma taxa de crescimento anual de mais de 8% entre 2020 e 2026 - o que levaria o setor a atingir US$ 375 bilhões em 2026.

  3. Mercado em crescimento no Brasil
  4. Um dos países que puxa a fila desse crescimento é justamente o Brasil.

    Por aqui, alguns fatores contribuem para a expansão do mercado. O primeiro deles é o crescimento do Ensino a Distância (EAD) no país.

    Outro ponto, é o aumento do acesso à internet: já são 134 milhões de brasileiros conectados, de acordo com informações da pesquisa TIC Domicílios 2019.

  5. Efeito pós-pandemia do novo coronavírus
  6. Em 2020, no auge da pandemia, cerca de 4 bilhões de pessoas ao redor do mundo entraram em quarentena.

    Com quase metade da população mundial trancada em casa, inclusive com muitas pessoas adotando o trabalho remoto, o número de buscas por “curso online” disparou.

    O termo chegou a ser o 2º mais buscado pelos usuários brasileiros no Google, atrás apenas de “coronavírus”. Analistas do mercado, no entanto, garantem que o estudo online veio para ficar.

    Ou seja, o modo de aprendizagem virtual, que já vinha registrando crescimento desde a popularização dos MOOCs, foi ainda mais acelerado com a pandemia.

  7. Possibilidade de oferecer exatamente o que as pessoas estão procurando online
  8. A internet é uma grande fonte de conhecimento gratuito sobre os mais variados assuntos, mas eles nem sempre estão compilados em um único lugar.

    Ao oferecer um material organizado e disponibilizado em uma plataforma EaD, você permite que o público encontre o que deseja, mesmo que tenha que pagar por isso - afinal, seu tempo também é valioso!

  9. Oportunidade de começar a ganhar dinheiro no curto prazo
  10. Ao invés de disponibilizar seus conhecimentos apenas gratuitamente, como em redes sociais, blogs e plataformas de compartilhamento de vídeo, que tal começar a cobrar por isso?

    É claro que você não precisa abandonar esses canais, mas começar a vender cursos online e ganhar dinheiro com isso é uma excelente oportunidade!

    Cursos online são rentáveis para o instrutor?

    Sim. Esse é um dos principais benefícios dos cursos online: ganhar dinheiro com um assunto sobre o qual você já tem domínio.

    O valor exato depende da plataforma escolhida, do preço definido pelo instrutor do curso e, também, do mais importante: vendas, que podem ser aceleradas por afiliados (sites e influenciadores que ganham uma parcela ao indicar os seus cursos).

    Um ponto importante a se destacar é que os valores obtidos com a venda de curso online também dependem bastante de sua qualidade: quanto melhor for o conteúdo, maior tende a ser o número de pessoas interessadas em pagar por ele.

    Quanto custa criar um curso online?

    Tudo depende da qualidade do vídeo que você está disposto a entregar, e, mas é viável produzir gratuitamente - ou a um custo muito baixo - um curso com boa qualidade.

    Um exemplo:

    A câmera do seu celular pode capturar os vídeos. Um tripé simples pode ajudar a manter a estabilidade na captura das imagens. Já a iluminação pode ser feita com lâmpadas comuns bem posicionadas.

    Para a criação dos materiais complementares, como apostilas e e-books, você pode optar pelo Google Documentos, que também oferece uma opção para planilhas e outra para apresentações, todas gratuitas.

    Geralmente é possível começar sem gastar nada, e com o passar do tempo, você pode investir em equipamentos melhores, o que também aumenta a qualidade do conteúdo.

    Quanto você pode ganhar ao vender um curso na internet?

    Não há como ter uma resposta definitiva, já que há muitas variáveis quando se trata de vender cursos online e ganhar dinheiro com isso, mas é possível ter uma ideia.

    Vamos tomar como exemplo as tarifas de serviço da Hotmart.

    O uso da plataforma é totalmente gratuito: só é cobrada uma taxa de serviço quando uma transação é aprovada. A Hotmart recebe uma comissão pela venda do seu curso.

    Até a data de criação deste conteúdo, as taxas para as vendas nacionais eram as seguintes:

    • Preço inferior ou igual a R$ 10: 20% do total.
    • Preço superior a R$ 10: 9,90% + R$ 1,00.

    Além disso, também é importante pensar na comissão dos afiliados. Ou seja, pessoas que fazem divulgação de cursos e em troca de uma porcentagem do valor.

    A própria Hotmart recomenda que a comissão seja de pelo menos 30% do total para atrair os parceiros.

    Suponhamos que o seu curso seja vendido a R$ 100. Tirando as taxas da Hotmart (R$ 10,90 neste caso), sobram R$ 89,10. Deste valor, em nosso exemplo, 30% vão para o afiliado (R$ 26,73). No final, restaria para você R$ 62,37 a cada venda.

    Tomando esses valores como base, sua remuneração mensal seria o seguinte para o respectivo número de vendas:

    • 10 vendas: R$ 623,70
    • 25 vendas: R$ 1.559,25
    • 50 vendas: R$ 3.118,50
    • 100 vendas: R$ 6.237,00

    Lembrando: esses valores são fictícios e podem variar de acordo com a plataforma escolhida, a remuneração para os afiliados e o valor cobrado.

    O que queremos demonstrar, porém, é que vender cursos online e ganhar dinheiro com isso é uma possibilidade real!

    Como vender um curso online?

    Uma dica bastante importante é que você procure por um curso online sobre qualquer assunto e o faça para entender como é o modelo utilizado. Se quiser fazer vários cursos para ter outros pontos de vista e se inspirar, mesmo gratuitos, melhor ainda.

    Para te ajudar, nós separamos outras dicas e passos importantes. Dê só uma olhada:

    O que fazer para conquistar a primeira venda de curso online?;

    Mais uma vez, não existe uma receita definitiva para o sucesso, mas se você ainda não sabe como vender cursos online, considere os seguintes passos:

    a) Escolha o segmento de mercado

    Nossa primeira dica para quem quer vender curso online é escolher um assunto sobre o qual você tenha um bom domínio.

    Além de considerar bem a escolha, sugerimos que opte por uma área que goste. Afinal, trabalhar com algo que lhe agrada tende a trazer resultados muito melhores.

    b) Defina o formato do seu curso

    É possível criar um curso em que você aparece sempre na frente das câmeras, como se estivesse conversando diretamente com seus alunos. Você também pode escolher passar conteúdo por slides ou pelo screencast, que é quando se grava a tela do computador ou do celular.

    Escolha o formato com o qual se identifica mais e faça o seu melhor para ter um excelente curso online!

    c) Produza ou selecione os conteúdos e cursos para venda

    Os conteúdos podem ser inteiramente produzidos por você ou baseados, por exemplo, em algum curso MOOC que você tenha feito ou de horas complementares.

    Mas importante: a sua experiência profissional pode até ser mais rica do que um curso que você tem no currículo.

    Seja por um projeto que você já realizou com sucesso ou até pelas habilidade de inteligência emocional no trabalho ao lidar com pressões e prazos, tudo pode servir de inspiração para o conteúdo de suas aulas.

    Seja qual for a opção escolhida, não se esqueça de sempre dar os devidos créditos quando necessário, de modo que a produção e a comercialização dos seus cursos esteja inteiramente dentro das leis autorais (e também da ética).

    Uma dica legal de como estruturar o curso é pensar em como você gostaria que fosse lecionado um curso sobre o assunto tratado.

    Colocar-se no lugar dos alunos (inclusive considerando seu nível de conhecimento sobre o tema) pode te orientar na criação e na produção.

    d) Mas como fazer a divulgação de um curso online? Anuncie!

    Quem busca saber como vender cursos online precisa pensar nas pessoas que quer atingir - afinal, elas são o seu alvo. Para isso, é necessário divulgar os cursos e, assim, aumentar o público em potencial.

    Algumas formas de fazer essa divulgação são as seguintes:

    • Crie perfis nas redes sociais;

    Use sua criatividade para conseguir potencializar a divulgação e, assim, atingir resultados ainda mais expressivos!

    e) Defina o tipo de monetização: venda pontual ou assinatura

    Nas vendas pontuais, o valor é cobrado do cliente uma só vez e este tem acesso a uma determinada quantidade de conteúdos, geralmente limitada, sobre o assunto do curso.

    Já na monetização por assinatura, a cobrança é recorrente, como acontece com a Netflix e o Spotify, por exemplo.

    Veja qual proposta faz mais sentido para você em relação à venda de curso online. Também é possível testar ambas possibilidades para, então, escolher a que melhor lhe atendeu.

    Qual curso online mais vende?

    De acordo com o blog da Hotmart , a plataforma constatou que os cursos mais vendidos na internet são sobre negócios e carreira; saúde e esportes; educação; relacionamento; e desenvolvimento pessoal.

    Isso, porém, não significa que quem busca vender cursos online e ganhar dinheiro com isso precisa ficar apenas nessas áreas, já que há espaço para todos na internet.

    Dê uma olhada nas categorias que reunimos aqui no buscador de curso online da Classpert, seguidas de alguns exemplos das respectivas áreas:

    • Artes e Design : perfeita para quem procura saber mais sobre as diferentes áreas da arte, como música, dança, pintura, cinema, fotografia, arte digital, jogos e mais. Exemplos: edição de vídeo, gamificação e pintura, processamento digital de imagem.
    • Ciência da Computação : pela alta demanda de profissionais, costuma ser uma das categorias mais populares em termos de cursos para quem deseja ser um desenvolvedor web . Exemplos: Angular; C++; Desenvolvimento iOS; GitHub; MongoDB; React; TypeScript.
    • Ciências da Vida : reúne cursos que abordam organismos vivos, como plantas, animais e humanos, trazendo temas ligados à natureza. Exemplos: anatomia; energia; física; mudanças climáticas; química; sustentabilidade.
    • Ciências Sociais : reune disciplinas ou áreas que se convencionou a chamar de “humanas”. Exemplos: antropologia; ciência política; direito; economia; filosofia; história; psicologia; sociologia.
    • Ciências Físicas e Engenharia : bastante popular entre alunos que gostam das disciplinas “exatas”. Exemplos; física básica; impressão 3D; mecânica para engenharia; programação em C; robótica; termodinâmica.
    • Data Science: relacionada ao estudo e à análise de dados econômicos, sociais e financeiros, estejam eles estruturados ou não. Exemplos: análise de dados; bancos de dados; Big Data; blockchain e criptomoedas; manipulação de dados; Python, Tableau.
    • Desenvolvimento Pessoal: cursos que incentivam alunos a desenvolver novas habilidades e a potencializar as que já têm. Exemplos: andragogia; criatividade; eSports; falar em público; inteligência emocional; parentalidade; produtividade.
    • Idiomas e Comunicação: voltada para o ensino de idiomas. Exemplos: alemão; chinês; francês; redação em inglês; TOEFL.
    • Matemática e Lógica: agrega cursos para treinar operações matemáticas e desafios de lógica. Exemplos: cálculo; estatística e probabilidade; geometria; trigonometria; variáveis aleatórias discretas.
    • Marketing: agrupa cursos que pretendem ensinar estratégias para criar e entregar valor de vendas. Exemplos: Facebook; Google Ads; Mailchimp; marketing digital; SEO; WordPress; Youtube.
    • Negócios : homens e mulheres empreendedoras podem aprender técnicas e práticas aplicadas para a realização de atividades com fins lucrativos. Do relacionamento com clientes e parceiros à gestão de negócios e finanças. Exemplos: análise de negócios; empreendedorismo; Blockchain ; negociação de opções; planejamento estratégico; recursos humanos.
    • Saúde e Bem-Estar: Reúne cursos e treinamento para quem deseja ter mais qualidade de vida e, claro, fortalecer o bem-estar físico, mental e social. Exemplos: artes marciais; fitness; meditação; nutrição; yoga.

    Qual a melhor plataforma EAD para hospedar e vender curso online? 20+ opções

    Depois de tudo o que já vimos até agora, você deve estar pensando sobre como hospedar curso e, principalmente, onde fazer isso, não é? Para lhe ajudar, nós separamos várias sugestões para você iniciar com a venda de curso online! Veja só:

    1 - Como vender curso na Udemy

    A Udemy é uma das principais plataformas EaD para quem deseja vender cursos online e ganhar dinheiro com isso. Há mais de 100 mil cursos disponíveis, mais de 50 milhões de alunos em todo o mundo e o número total de inscrições em cursos superou os 295 milhões.

    • Características: a plataforma oferece cursos gratuitos para ajudar na criação do seu material. As aulas podem ser planejadas em vários formatos e idiomas e trazer exercícios, questionários e atividades complementares. As ferramentas para mensagens, comunicados de cursos, questionários, perguntas e respostas são centralizadas e oferecidas pela própria Udemy.
    • Formas de pagamento: Suas vendas podem ser recebidas por meio do PayPal e do Payoneer. Os pagamentos são feitos no terceiro mês depois da hospedagem dos cursos.
    • Preço: a hospedagem do curso é gratuita e o instrutor pode cobrar a partir de R$ 39,99 até R$ 579,99 em seus cursos, sempre com intervalo de R$ 15 entre as faixas (R$ 54,99, R$ 69,99, R$ 84,99 e assim sucessivamente).

    2 - Como vender curso na Hotmart

    A Hotmart é outra grande plataforma EaD e uma das mais famosas mundialmente. Já são mais de 2 milhões de usuários e 5 milhões de compradores, além de vendas feitas em 210 países.

    • Características: os produtores podem oferecer cursos online, e-books e clubes de assinaturas, além de várias outras opções de conteúdo. A Hotmart também disponibiliza materiais gratuitos sobre como criar cursos online e divulgá-los para obter melhores resultados.
    • Formas de pagamento: os produtores podem receber em sua conta bancária ou por meio do Payoneer. Para o caso de vendas internacionais, se a moeda local ainda não estiver ativa no HotPay (plataforma própria de pagamento), o valor aparecerá em dólar americano e depois será convertido para a moeda de payout do produtor.
    • Preço: a hospedagem do curso é gratuita e os produtores são livres para escolher o preço que desejam cobrar.

    3 - Como vender curso na leadlovers

    A leadlovers é mais conhecida pela automação de marketing digital, mas ela também funciona como uma plataforma EaD, em que é possível criar uma área de membros e, dentro dela, disponibilizar cursos online aos seus clientes.

    • Características: a ferramenta oferece integração com a Hotmart; cadastro de domínio próprio ou subdomínio dentro da máquina ou produto criado no leadlovers; configuração de SEO nos produtos; página de boas-vindas personalizada; e personalização da interface da área de membros, entre outras funcionalidades.
    • Formas de pagamento: a leadlovers oferece integração com PayPal, Hotmart, MercadoPago, Pagseguro, Monetizze e outros serviços de pagamento.
    • Preço: os planos partem de R$ 184 mensais e te permitem ter até 5.000 leads (ou alunos) em sua plataforma. É possível fazer upgrades para mais alunos a qualquer momento.

    4 - Como vender curso na Apollo

    A plataforma é desenvolvida pelo pessoal do Viver de Blog, bastante conhecido pela produção de conteúdo.

    • Características: A plataforma é fácil de usar e bastante interativa. Os alunos, por exemplo, podem deixar comentários sobre as aulas, além de participar de fóruns interativos com outros alunos do mesmo curso.
    • Formas de pagamento: não divulgado pela plataforma.
    • Preço: os planos partem de R$ 197 mensais, com cursos e aulas ilimitados para até 1.000 alunos.

    5 - Como vender curso no Coursify.me

    O Coursify.me é uma plataforma completa de ensino online voltada especialmente à Educação a Distância, onde pessoas e empresas podem construir uma escola online e, assim, começar a vender seus cursos pela internet.

    • Características: em um ambiente prático, intuitivo, é possível criar cursos online em poucos passos, integrar e importar conteúdos de várias plataformas e gerenciar o progresso e desempenho dos estudantes.
    • Formas de pagamento: os instrutores recebem os pagamentos com segurança por meio do PayPal ou do PagSeguro, na moeda que preferirem.
    • Preço: O Coursify.me conta com uma opção gratuita para hospedar os cursos sem limite de alunos e de aulas, mas também há planos pagos com funcionalidades mais completas e taxas reduzidas a cada venda.

    6 - Como vender curso no Moodle

    O Moodle é um sistema de gestão de aprendizagem bastante popular, adotado também por empresas e instituições de ensino (mais de 60% de toda a educação superior do mundo), mas que pode ser usado por quem quer vender cursos online.

    • Características: permite a integração com plataformas e serviços como Google Apps, Microsoft Office 365 e NextCloud. O fato também de contar com milhares de plugins criados pela comunidade para agregar novas funcionalidades, permite que alunos, instrutores e administradores tenham sempre novos recursos à disposição.
    • Formas de pagamento: com a instalação de plugins ao Moodle, os instrutores podem receber os pagamentos por seus cursos online pelo PagSeguro e PayPal, por exemplo.
    • Preço: os planos partem de $80 AUD (dólares australianos) mensais.

    7 - Como vender curso na EADBOX

    A EADBOX é uma plataforma EaD com mais de 40 mil cursos online e de 2,4 milhões de alunos cadastrados. As vendas pelos clientes já ultrapassaram os R$ 55 milhões.

    • Características: a plataforma presta um suporte bastante completo aos produtores, com profissionais que entram em contato caso seja constatado que as vendas estão caindo ou que o engajamento no curso está baixo, por exemplo. Os cursos podem ser criados com vídeo-aulas, apostilas, apresentações. É possível também realizar lives e webinars pela plataforma.
    • Formas de pagamento: a EADBOX tem uma plataforma própria de pagamento e os instrutores recebem os pagamentos em uma conta-corrente cadastrada.
    • Preço: varia de acordo com o plano escolhido e o número de alunos.

    8 - Como vender curso na Edools

    A Edools oferece uma plataforma EaD que traz a possibilidade de vender, gerenciar e distribuir cursos online.

    • Características: a plataforma permite o upload de arquivos e conteúdos em massa. A Edools também oferece trilhas de conteúdos, gamificação, relatórios personalizáveis, certificados de conclusão e fórum de discussão.
    • Formas de pagamento: o sistema da Edools é integrado com intermediadores de pagamentos, como Wirecard e Pagar.me.
    • Preço: varia de acordo com os módulos contratados, que podem ser escolhidos individualmente.

    9 - Samba Play: como vender curso

    A Samba Play é uma plataforma proprietária da Samba Tech para EaD. Ela oferece templates personalizáveis para que o site fique exatamente como você deseja, de acordo com o perfil daquele público.

    • Características: com um design totalmente voltado para vendas e conversão, a plataforma pode se integrar a outras ferramentas. O player usado é o da própria Samba Tec, que ainda permite aos instrutores ter acesso aos relatórios de audiência.
    • Formas de pagamento: com um sistema de pagamento integrado, o valor cai na conta dos produtores todos os meses, inclusive com a opção de antecipação de parcelas.
    • Preço: os orçamentos são personalizados de acordo com a necessidade de cada cliente.

    10 - Como vender curso na EAD Plataforma

    A EaD Plataforma já foi utilizada por mais de 2 milhões de alunos. Segundo o site, as transações ultrapassam os R$ 100 milhões e há mais de 17 mil cursos disponíveis na plataforma.

    • Características: com funcionalidades variadas e bem simples de usar, a personalização da plataforma é bem simples.
    • Formas de pagamento: por meio do sistema de pagamentos EAD Checkout, o valor é transferido para a conta bancária dos instrutores.
    • Preço: os planos partem de R$ 299,90 mensais.

    11 - Como vender curso na TwygoEAD

    A Twygo EAD é uma plataforma voltada à venda de cursos online e a treinamentos corporativos. O sistema permite a que os usuários personalizem o layout da página sem que você precise contratar programadores.

    • Características: a Twygo EAD oferece um dashboard dos alunos para total controle e acompanhamento, além de emissão de certificados e avaliação do progresso dos alunos
    • Formas de pagamento: a plataforma tem integração com o PagSeguro.
    • Preço: o plano Pro custa R$ 369 mensais e permite oferecer cursos para até 50 alunos.

    12 - Como vender curso na Teachable

    A Teachable é uma plataforma EaD de grande sucesso, que possui mais de 100 mil usuários, que, somados, já venderam mais de US$ 500 milhões em cursos e coaching, o que a coloca entre as principais deste setor.

    • Características: a customização simples é um dos principais atributos da Teachable, que oferece um editor para a personalização dos conteúdos produzidos e pode se integrar a vários parceiros. As vendas são centralizadas em dashboards simples de entender.
    • Formas de pagamento: os pagamentos podem ser recebidos por meio do PayPal.
    • Preço: os planos partem de US$ 119, com cursos e alunos ilimitados em todos os planos.

    13 - Como vender curso na Thinkific

    A Thinkific permite criar e vender cursos online. São mais de 40 mil instrutores e US$ 200 milhões recebidos na plataforma, que é utilizada em mais de 160 países.

    • Características: a plataforma oferece total liberdade para publicar, precificar e promover as experiências educacionais, com currículos facilmente editáveis, vários formatos de conteúdo permitidos e customizações variadas nos cursos.
    • Formas de pagamento: a cobrança pode ser feita em mais de 100 moedas e os pagamentos podem ser feitos por meio do PayPal.
    • Preço: a Thinkific disponibiliza um plano gratuito, além de outros com funcionalidades adicionais a partir de US$ 49 mensais.

    14 - Como vender curso na Skillshare

    A Skillshare é uma plataforma em que profissionais publicam aulas sobre uma série de assuntos. Desde que elas sigam as diretrizes de qualidade do site, todos podem tornar-se professores. A própria plataforma afirma que os professores que ganham melhor recebem mais de US$ 100 mil por ano.

    • Características: com ferramentas simples de upload de aulas, os criadores podem aumentar sua audiência online. É possível, inclusive, participar de desafios de ensino que visam ajudar os instrutores a publicar suas primeiras aulas e compartilhar seu progresso.
    • Formas de pagamento: os pagamentos são feitos via PayPal no dia 16 de cada mês em relação às aulas assistidas no mês anterior.
    • Preço: as aulas podem ser publicadas gratuitamente.

    15 - Como vender curso na Eduzz

    A Eduzz oferece um universo de possibilidades e comprova que qualquer talento ou habilidade especial pode se transformar em um produto de sucesso, disponível para milhões de pessoas ao redor do mundo.

    • Características: podem ser vendidos infoprodutos diversos, como livros em PDF, videoaulas, apresentações, conferências e apostilas.
    • Formas de pagamento: os valores são pagos através de transferência bancária.
    • Preço: não é cobrada mensalidade pelos serviços oferecidos, apenas em transações solicitadas, como vendas, transferências bancárias e taxas de antecipação.

    16 - Como vender curso no Podia

    O Podia permite vender curso online, webinars, downloads e assinaturas sem precisar se preocupar com a tecnologia envolvida, já que ela oferece todos os recursos para tornar os projetos em realidade.

    • Características: por agregar vários produtos, é possível substituir sites, blogs, landing pages, plataformas de e-mail e outros recursos pelo Podia, que é uma solução completa e centralizada.
    • Formas de pagamento: os pagamentos podem ser feitos pelo Stripe ou pelo PayPal.
    • Preço: os planos iniciam em US$ 39 mensais.

    17 - Como vender curso na Kajabi

    A Kajabi é uma plataforma de negócios tudo em um. Em quase uma década, o empresa já ajudou mais de 20 mil instrutores a movimentar mais de US$ 1 bilhão apenas dentro da plataforma!

    • Características: sua parte de produtos oferece cursos, assinaturas e produtos digitais integrados, com ideias que podem ser colocadas em prática em questão de minutos. Ela também substitui sites, plataformas de pagamento e de análise de dados, construtores de páginas, plataformas de e-mail e muito mais.
    • Formas de pagamento: os produtores podem optar pelo Stripe ou pelo PayPal.
    • Preço: o plano básico se inicia em US$ 149 mensais.

    18 - Como vender curso na Ruzuku

    A Ruzuku é uma ótima solução para se conectar com a sua audiência e criar conteúdos inspiradores, tudo de forma bem simples, prática e rápida. A plataforma tem um apelo motivacional bastante interessante.

    • Características: os produtores podem fazer transmissões ao vivo programadas, compartilhar vários tipos de arquivos e acompanhar o progresso dos alunos, com dados separados pelo curso todo ou por uma lição específica.
    • Formas de pagamento: pode-se escolher entre PayPal e/ou Stripe.
    • Preço: os planos iniciam em US$ 99 mensais, todos com número ilimitado de alunos e cursos.

    19 - Como vender curso na WizIQ

    A WizIQ oferece tudo que os produtores precisam para oferecer o aprendizado online. Líder em educação e tecnologias de treinamento, traz de salas de aula virtuais a um construtor de cursos baseados na nuvem.

    • Características: além da coleta de dados sobre os alunos, ela também se coloca como uma alternativa para quem deseja treinar colaboradores, equipes e franqueados, embora possa ser usada tranquilamente para vender cursos online.
    • Formas de pagamento: os valores dos cursos podem ser resgatados depois de 15 dias da inscrição dos alunos através do PayPal.
    • Preço: é preciso solicitar uma cotação no site para ter acesso às propostas, que podem variar de acordo com cada necessidade.

    20 - Como vender curso na Learnworlds

    A Learnworlds permite vender cursos online, assinaturas e outros tipos de produtos digitais de forma simples, prática e otimizada, com experiências que os clientes devem amar por sua alta qualidade.

    • Características: os vídeos podem receber legendas automáticas e interações práticas sem a necessidade de conhecimentos de edição. Além disso, os cursos podem ser customizados de acordo com sua necessidade e as demandas dos alunos para que sejam os mais otimizados possíveis.
    • Formas de pagamento: é possível integrar a Learnworlds com gateways de pagamento, como Stripe, PayPal, Shopify e Sandbox, entre outros.
    • Preço: os planos começam em US$ 29 mensais.

    21 - Como vender curso na Click4Course

    A Click4Course é outra opção para quem busca saber como hospedar curso pela internet, sendo utilizado por empresas de vários segmentos, embora também esteja disponível a quem queira criar seu curso e vender para o público em potencial.

    • Características: é possível criar cursos ilimitados, organizá-los em categorias, ter suporte a vídeos e apresentações do PowerPoint, acompanhar o desempenho dos alunos e muito mais.
    • Formas de pagamento: os pagamentos podem ser recebidos via cheque ou plataformas eletrônicas.
    • Preço: a partir de US$ 79 mensais.

    22 - Como vender curso na Classpert

    A Classpert também é uma opção para quem quer vender curso online e, embora não seja uma plataforma EaD, a empresa pode te ajudar bastante em sua trajetória como produtor de cursos.

    O site organiza o catálogo de cursos disponibilizados em plataformas de EaD em todo o mundo, de modo que seja mais fácil encontrar exatamente aquilo que o aluno busca, sem que tenha que percorrer dezenas de sites até encontrar.

    Caso você já tenha um curso hospedado em alguma plataforma de EaD, e esteja a procura de maneiras de aumentar suas vendas, então pode listar seu curso na Classpert e, assim, fazer com que ele possa ser encontrado por um número ainda maior de pessoas!

    A página de que comentamos foi criada exatamente para este fim e, por meio dela, todos podem, facilmente, listar cursos online que tenham criado, e o melhor, sem ter que pagar nada por isso!

    Como editar e cortar vídeos?

    Saber como editar e cortar vídeos é algo importante para quem deseja vender curso online, e felizmente não é tão complexo assim.

    Você pode usar o próprio editor do seu celular para retirar as partes que tenham ficado dispersas, como pausas entre as frases, que podem distrair a atenção dos usuários e, assim, fazer com que eles fiquem mais engajados.

    Caso o seu smartphone não tenha um bom editor, você pode procurar por opções nas lojas de aplicativos e ver com qual delas se adapta melhor. Muitas, inclusive, são gratuitas, o que te permite editar os vídeos sem ter que pagar nada por isso.

    Caso prefira fazer isso com o seu computador ou notebook, é possível realizar cursos de edição de vídeo.

    Conclusão: vender cursos online e ganhar dinheiro com isso é uma possibilidade!

    A venda de curso online é um mercado do qual você pode começar a participar a partir de agora. Com tantas plataformas de EaD disponíveis, basta procurar pela que melhor atende suas necessidades.

    Muitas delas são gratuitas e cobram apenas nas transações feitas, o que te permite começar literalmente sem ter que gastar nada com a hospedagem de cursos.

    É difícil escolher a melhor plataforma EaD para a venda de cursos online. Nossa recomendação é de que você teste as que melhor oferece o que você precisa para começar a vender cursos pela internet.

    FAQ: perguntas e respostas sobre como vender cursos online

    Nós separamos algumas dúvidas comuns sobre o assunto. Dá só uma olhada:

    É preciso pagar para hospedar um curso online?

    Depende da plataforma EaD escolhida, mas há opções gratuitas, que cobram apenas pelas transações feitas.

    Preciso ser formado para criar um curso pela internet?

    Não! Desde que tenha conhecimento sobre o assunto tratado, pode se tornar um bom professor e, assim, conseguir um número considerável de vendas.

    Dá para ganhar dinheiro vendendo cursos online?

    Sim. É preciso se esforçar e ter paciência, é verdade, mas você pode ganhar bastante dinheiro com isso.

    Posso falar sobre qualquer assunto?

    Sim! De confeitaria a web design, de moda ao universo fitness, é possível falar sobre todas as áreas que quiser.

    Quais são as taxas cobradas para disponibilizar um curso online?

    Depende de cada plataforma, mas geralmente são das transações feitas, como compras, saques e transferências, por exemplo.

    Como recebo o pagamento pelos meus cursos?

    Depende de cada plataforma, mas isso costuma ser feito por meio de transferência bancária ou serviços de pagamento, como PayPal, PagSeguro e Stripe.

    É preciso ter conhecimentos em programação para criar e vender um curso online?

    Não. As plataformas costumam ser bem simples e intuitivas, o que permite até mesmo a quem tenha pouco (ou nenhum) conhecimento sobre isso criar e vender seus cursos pela internet.

    Preciso pagar para listar meu curso na Classpert?

    Não! Basta acessar nossa página de listagem de cursos e fazer o cadastro. Não se esqueça que ele precisa estar hospedado em alguma plataforma EaD para isso.

Renan França
I am a journalist responsible for SEO and Content strategies at Classpert. I usually write about entrepreneurship, marketing, SEO, programming and e-learning platforms.