Ganhe 40% de desconto na assinatura anual ou premium da Pluralsight
Acesse mais de 8.000 cursos com preços a partir de $299 $179

Desenvolvedor web: como se tornar um excelente programador

Com o grande crescimento do número de empregos na indústria de desenvolvimento de sites para os próximos anos, mais e mais pessoas têm se interessado em seguir a carreira de desenvolvedor web.

Para aqueles que querem saber mais sobre o assunto, uma carreira no desenvolvimento de sites pode ser envolvente, excitante e, ainda por cima, pagar bem.

No entanto, descobrir sozinho o caminho a se trilhar para dominar o desenvolvimento de sites pode ser complicado e confuso, o que pode resultar em frustração e no fim prematuro de muitas potenciais carreiras de programador.

Assim sendo, prepararmos cuidadosamente este guia para te ajudar nesta jornada para se tornar um desenvolvedor Web.

Embora não possamos garantir que este guia o ajude a tornar-se um desenvolvedor da web de sucesso do dia para a noite, podemos dizer que seguir este artigo o ajudará a encontrar o caminho certo.

Esta imagem abaixo resume os tópicos que abordaremos neste texto:

Com o intuito de ajudar você a se tornar um ótimo desenvolvedor web, preparamos uma jornada detalhada, mas de fácil leitura.

Aqui vai!

Tornando-se um desenvolvedor web

O desenvolvimento de websites é uma carreira que oferece possibilidades diferentes, dependendo das preferências da pessoa

Se você tem interesse em criar websites altamente interativos ou criar layouts bonitos, há uma carreira gratificante esperando por você no mundo do desenvolvimento de websites.

O desenvolvimento web é dividido em dois campos principais: desenvolvimento frontend e desenvolvimento backend.

Como desenvolvedor web, você precisa ter uma boa compreensão dos dois campos, porque ambos andam de mãos dadas dentro do mundo do desenvolvimento web.

Os desenvolvedores front-end se concentram no desenvolvimento do lado do usuário do site (client-side), que consiste no design, layout, conteúdo e navegação em uma página da Web. Eles usam HTML, CSS e JavaScript para criar um site.

Um dos principais desafios para se tornar um desenvolvedor front-end habilidoso é manter-se atualizado com técnicas e tecnologias que estão em constante evolução.

Outro ponto importante é que hoje em dia os usuários utilizam uma ampla variedade de dispositivos (com diferentes tamanhos de tela e resoluções), diferentes navegadores e vários sistemas operacionais e desenvolvedores devem levar esses aspectos em consideração ao criar um site.

Por outro lado, os desenvolvedores back-end se concentram no lado do servidor (server-side), do aplicativo e do banco de dados das páginas da Web. Eles criam a base lógica e a lógica computacional de um site, software ou sistema de informação.

O papel desse tipo de desenvolvedor é garantir que os dados ou serviços solicitados pelo aplicativo front-end sejam entregues corretamente através de meios programáticos. Eles também são responsáveis ​​por criar e manter a lógica principal do aplicativo, bancos de dados, APIs, realização de testes e a depuração (debuggings) do sistema.

Linguagens de Programação do Desenvolvedor Web: Por onde devo começar?

Existem literalmente dezenas de linguagens de programação em uso atualmente, portanto, é desnecessário dizer que encontrar a linguagem ideal para começar pode ser um exercício complicado para aspirantes a desenvolvedores web.

Em vez de oferecer uma visão geral de todas as principais linguagens de programação usadas para o desenvolvimento Web, gostaríamos de destacar o caminho de aprendizado mais eficaz com linguagens significativas que são mais fáceis de aprender e ferramentas versáteis para desenvolvedores modernos.

As principais tecnologias que acreditamos que todos os novos desenvolvedores de sites devam conhecer são:

  • HTML e CSS andam de mãos dadas para tornar realidade o conteúdo escrito e os belos layouts vistos nos sites modernos .
  • Javascript, que é uma linguagem fácil de aprender e que também forma a espinha dorsal da maioria dos sites e aplicativos em uso atualmente. Observe que, hoje em dia, com frameworks como Webpack, React e Vue, o frontend está se tornando extremamente relevante e complexo, a ponto de um desenvolvimento front-end exigir habilidades de software tão complexas quanto as necessárias no mundo de desenvolvimento backend.
  • SQL (sigla para Structured Query Language, que em português significa Linguagem de Consulta Estruturada), usada na programação e projetada para criação e gerenciamento de um banco de dados relacional ou para processamento e gerenciamento de um fluxo de dados relacional.
  • SQL (sigla para Structured Query Language, que em português significa Linguagem de Consulta Estruturada), usada na programação e projetada para criação e gerenciamento de um banco de dados relacional ou para processamento e gerenciamento de um fluxo de dados relacional.

Cursos online para desenvolvedores web (iniciantes)

Para aqueles que desejam aprender desenvolvimento web sem investir dezenas de milhares de reais em diplomas acadêmicos, temos ótimas notícias: agora é mais acessível do que nunca começar.

Escolhemos os melhores cursos das melhores plataformas do mercado. Se você seguir estas sugestões de cursos, é provável que você se torne um desenvolvedor web habilidoso.

Você está pronto para começar esta jornada?

1. Caminho de aprendizado para desenvolvedores front-end:

1.1 HTML para iniciantes

1.2 Aprendendo CSS em 1 hora

1.3 Javascript Fundamentals (com legenda em português)

1.4 Javascript Best Practices (com legenda em português)

1.5 Webpack para iniciantes

1.6 React.js

2. Caminho de aprendizado para desenvolvedores back-end:

Se você pretende se tornar um desenvolvedor back-end, você deve começar com esses cursos do "ciclo básico", o intuito é construir uma base sólida.

2.1 HTML para iniciantes

2.2 Aprendendo CSS em 1 hora

2.3 Javascript Fundamentals (com legenda em português)

2.4 Javascript Best Practices (com legenda em português)

Dependendo do tipo de desenvolvedor back-end que você quer se tornar (Ruby, Django ou PHP), você deve escolher o curso correspondente abaixo:

Desenvolvedor Ruby - The Complete Ruby on Rails Developer Course (legenda em pt)

Desenvolvedor Django - Python: Getting Started (legendas em PT)

Desenvolvedor PHP - PHP Fundamentals (legendas em PT)

Caso queira procurar outros cursos sobre os assuntos acima, use o classpert.com para encontrar.

Habilidades necessárias para desenvolvedores web

Ao iniciar sua jornada para se tornar um desenvolvedor Web, é importante trabalhar no aperfeiçoamento de habilidades relevantes imediatamente.

Os empregadores de hoje procuram dois tipos principais de habilidades, que incluem habilidades técnicas (como programação, é claro!) e habilidades sociais (ou atributos “equipe-jogador”).

Habilidades técnicas

Para começar, vamos analisar as habilidades técnicas mais importantes para aqueles que desejam se tornar desenvolvedores web hoje.

As habilidades técnicas necessárias sempre estarão centradas no domínio de várias linguagens de programação diferentes. Para este fim, a maioria dos empregadores irá procurar por desenvolvedores web que tenham uma excelente compreensão sobre HTML / CSS, JavaScript e Git.

Embora a importância do HTML / CSS e do JavaScript tenha sido mencionada acima, ainda não tivemos a oportunidade de discutir o Git. Em suma, o Git é um software de controle de versão de código aberto que forma a espinha dorsal do sempre popular serviço GitHub. É uma ótima ferramenta, pois permite que vários desenvolvedores diferentes colaborem no mesmo projeto em tempo real, independentemente de onde estejam ou de quais sistemas operacionais estejam usando.

Habilidades Comportamentais

Em termos de soft-skills ou habilidades sociais, a demanda é em cima de atributos que permitem que os aspirantes a desenvolvedores web interajam de maneira efetiva e eficiente com seus colegas de trabalho.

A forma como você reage a situações adversas mostram o seu nível de inteligência emocional no trabalho.

De um modo geral, as habilidades sociais mais importantes que os empregadores procuram são fortes habilidades de comunicação e capacidade de trabalhar com uma equipe diversificada.

Apesar do estereótipo do programador sempre trabalhando escondido atrás de uma mesa em uma sala escura, a maioria dos desenvolvedores web terá a tarefa de trabalhar em um grande projeto com uma equipe ainda maior.

O trabalho em equipe ajuda a fazer o sonho acontecer, então se o seu sonho é ser um desenvolvedor web profissional, ser capaz de trabalhar bem com outros é uma habilidade crucial para se dominar.

Posso me tornar um desenvolvedor web sem fazer faculdade?

Sim! Existem inúmeros exemplos de pessoas que aprenderam “sozinhas” os conceitos básicos de programação e usaram essa experiência para embarcar em carreiras longas e bem-sucedidas no campo do desenvolvimento web.

Na verdade, o livro intitulado No Degree Web Developer (traduzindo literalmente: O desenvolvedor web sem formação acadêmica), de Dom Xing, fornece uma excelente visão geral das pessoas que fizeram desse sonho uma realidade.

Embora o desenvolvedor web médio no setor hoje detenha um grau de associado, a educação formal avançada não é um requisito para obter o primeiro contrato de emprego em período integral.

Para aqueles que procuram obter mais insights sobre como se tornar um desenvolvedor web sem credenciais acadêmicas, sugerimos a verificação de fóruns como o Quora e o Reddit, que oferecem comunidades robustas de desenvolvedores veteranos e novatos que buscam esse campo de carreira estimulante sem a necessidade de ter uma tonelada de experiências acadêmicas formalizadas e caras.

No final das contas, ter uma carreira em programação é mais relacionada a sua experiência, qualificações e portfólio. E não sobre qual universidade você frequentou ou o que você passou a estudar…

Escrevendo um código limpo ("clean code")

Escrever um código limpo, muitas vezes chamado de “código legível”, é um aspecto essencial para se tornar um grande desenvolvedor web.

Embora muitas empresas tenham sua própria definição do que realmente é o código limpo, é importante ter uma noção geral da importância de se escrever um código limpo.

Quanto mais confuso for o código, mais tempo os desenvolvedores terão para entendê-lo e dar continuidade a trabalhos existentes. Às vezes, isso pode levar os desenvolvedores a quererem reiniciar o trabalho do zero.

Em contraste, códigos limpos facilitam e agilizam a integração da equipe, evitando mal-entendidos.

Outro benefício é tornar mais simples para novos desenvolvedores o entendimento das práticas atuais de codificação e mantê-las dessa maneira, independentemente de quantos desenvolvedores estejam trabalhando no projeto.

Um código limpo é importante para que até mesmo quando a pessoa que o escreveu volte a acessá-lo no futuro, o entenda com facilidade.

Dicas para escrever um código limpo

Para conseguir isso, uma primeira dica é reforçar a diretriz de código para todos os desenvolvedores. Você precisa ser consistente e manter as coisas isomórficas. Defina uma diretriz para indentação, espaços, quebras de linha e linhas vazias. Adotar esta prática, faz com que a legibilidade e compreensão do nosso código melhore muito, sem dúvida.

Uma segunda dica é o uso de nomes significativos para variáveis, funções e métodos. O ideal é usar palavras descritivas o suficiente para que outros desenvolvedores, e não apenas nós mesmos, sejam capazes de compreender o propósito delas. Além disso, tente fazê-lo com apenas três ou quatro palavras.

A terceira sugestão é permitir que cada função, ou método, execute apenas uma tarefa (isso também ajudará a nomeá-la com mais precisão).

A quarta sugestão é o uso de comentários quando sua função está realizando algo que não é diretamente óbvio ou tem algum contexto específico. Mesmo quando o nosso código é o mais limpo e abrangente possível, existem algumas linhas que exigem mais explicação. Use comentários para corrigir esse problema, ajuda a explicar para outras pessoas por que decidimos fazer uma abordagem não convencional, por exemplo.

Tentando manter um estilo e práticas consistentes em diferentes projetos, é a nossa quinta dica. Somente quando estamos realmente convencidos de que gostamos de uma nova prática e nos sentimos confortáveis ​​com ela, devemos implementá-la.

A última dica é revisar seu código com frequência. Esta é uma maneira saudável de mantê-lo limpo e tentar melhorá-lo. Caso contrário, se não revisarmos e atualizarmos o código antigo, ele logo ficará desatualizado.

Salário do Desenvolvedor Web

Embora não seja o ideal sugerir que você escolha uma carreira apenas com base em salários, se você é apaixonado por desenvolvimento web, seu salário certamente será uma bonificação a parte.

De acordo com este site, o salário de desenvolvedores web podem chegar a R$ 18.000 por mês (sendo R$3.100 por mês o salário de um desenvolvedor júnior), e a projeção é de aumento para os próximos anos.

Nada mal, não é?

Desenvolvimento Web como um trabalho remoto

Além de oferecer bons salários, uma carreira como desenvolvedor web pode oferecer excelente flexibilidade, com a opção de trabalhar remotamente.

O famoso home-office pode ser um grande privilégio, pois permite que os funcionários trabalhem de qualquer lugar do mundo.

Embora, de fato, existam desafios associados ao trabalho remoto, como manter-se motivado, em geral, ele oferece um excelente equilíbrio entre a vida profissional e a vida profissional para os desenvolvedores de hoje.

Perguntas comuns em entrevistas para vagas de desenvolvedores web

Cada entrevista é diferente, mas existem algumas perguntas clássicas que quase sempre surgem paraaspirantes a desenvolvedores web.

Algumas das perguntas mais freqüentes da entrevista que os desenvolvedores da web verão ao longo do processo de entrevista incluem:

  • Você já fez uma apresentação?
  • O que é namespacing em JavaScript?
  • Você pode listar alguns dos tipos de inputs que são novos no HTML5?
  • Quem são os profissionais que você admira no mundo da tecnologia?
  • Você tem algum projeto no qual trabalha no seu tempo livre?
  • Conte-me sobre uma vez que você teve que responder a um feedback negativo.
  • Quais pontos positivos mais te animam neste trabalho?

Como você pode ver, essas questões variam de assuntos altamente técnicos para testar sua compreensão de programação até questões de soft skills que destacam como você pode lidar com os estresses do dia-a-dia.

Com essas perguntas em mente, incentivamos nossos leitores a se prepararem bem para as próximas entrevistas, já que saber como abordar assuntos como esses pode criar ou interromper sua primeira oportunidade de trabalho.

Felipe Bernardes
I am an economist responsible for Marketing and Growth Hacking strategies at Classpert. I usually write about entrepreneurship, marketing, SEO, stock trading and related subjects.